Shark Bay na Austrália – onde os golfinhos vem dizer bom dia

- Atualizado em 3 de novembro de 2015 - , , ,

 

shark bay map

As águas costeiras da Austrália Ocidental estão entre mais intocadas pelas mãos humanas. É nela que encontramos a inacreditável Shark Bay (Baía dos Tubarões), uma remota região composta por ilhas e penínsulas ricas em belezas naturais, constituindo-se em uma Área de Patrimônio Mundial devido à sua enorme importância ecológica.

Conheci Shark Bay em 2001, enquanto morava na capital da Austrália Ocidental, Perth. Eu fiquei tão encantada com o lugar que mal conseguia acreditar que a região não havia impressionado muito os primeiros navegadores, recebendo alguns nomes bem esdrúxulos. Por exemplo, quando um navio de exploradores franceses esbarrou em banco de areia por lá, nomearam o local de Baía Inútil. Depois vieram outros nomes como Arco da Decepção e Alcance da Desesperança.

Hoje, contrariando tais primeiras impressões de inutilidade ou decepção, Shark Bay é um refúgio ecológico de vida marinha de extrema importância onde podemos encontrar mais de 320 espécies de peixes, 80 espécies de corais, inúmeros golfinhos-nariz-de-garrafa (a espécie mais conhecida no mundo inteiro), tubarões tigre, dugongos (vacas marinhas), sem falar ainda nas 820 espécies de plantas.

Em Shark Bay existe também uma área de estromatólitos, algo como uma pedra de 3 mil anos, mas formada por cianobactérias. Só existem outros dois lugares com estromatólitos no mundo, e estes ficam nas Bahamas.

Estromatolitos-shark-bay

 

Em Shark Bay você pode visitar também uma linda praia onde ao invés de areia existem infinitas conchinhas (Shell Beach).

Shell_Beach_www.australia_guide_de

 

Mas o que mais gostei em Shark Bay foi conhecer Monkey Mia. Isso porque por lá, de forma inacreditável, golfinhos aproximam-se da beira da praia há mais de 60 anos, provavelmente em busca de comida.

Quase todas as manhãs os golfinhos aparecem, então, com 99% de chance você verá um (ou vários) bem de perto, caso esteja por lá de prontidão entre 08 da manhã e meio-dia. Não se sabe ao certo como esse hábito dos golfinhos iniciou, mas, cada golfinho retornava dia a dia acompanhado de outros, tornando Monkey Mia um local famoso pelo curioso hábito do animal.

monkey_mia_bridetobride_com_br

Como a Austrália tem muita preocupação e organização para manutenção de suas riquezas ecológicas, há bastante tempo foram desenvolvidos programas de proteção desses animais. Monitores do Departamento de Conservação Ambiental de Monkey Mia acompanham a atividade e selecionam algumas pessoas da “plateia” para alimentar os golfinhos. Não é permitido, entretanto, toca-los. A seleção dos participantes é aleatória, e se tiver sorte como eu tive, você pode ser o escolhido para fornecer uma comidinha para eles.

Veja abaixo um vídeo deste encontro com os golfinhos.

Nesse post não consegui incluir nenhuma foto de nossa autoria, já que naquela época, minha máquina não era digital e a qualidade das fotos scaneadas seria bem inferior a alguma das aqui utilizadas.

Para maiores informações sobre Shark Bay e Monkey Mia acesse:

Site oficial de Shark Bay

Site oficial de Monkey Mia