Mendoza: cavalgada ao pôr do sol, vinho e churrasco (Argentina)

- Atualizado em 22 de setembro de 2015 - , , , , , ,

Mendoza-cavalgada-por-do-so-gaucho-experiencel

 

Em Mendoza existem inúmeras opções de passeios para se andar a cavalo. É possível fazer cavalgadas por entre vinhedos ou nas diferentes fazendas da cidade e região. Mas, porque incluir esse programa no roteiro?

O cavalo faz parte da identidade cultural do gaúcho argentino, assim como o mate e o assado (churrasco). Mesmo que hoje o animal esteja mais associado a atividades recreativas, ele ainda é usado no auxílio de atividades laborais, especialmente nas áreas menos urbanas.

Dentre as diversas opções disponíveis, escolhi o programa que se chama “Gaúcho Experience”, que oferecia uma cavalgada ao pôr do sol, um assado argentino e vinho à vontade, ao custo de AR$ 590,00. Leia abaixo o relato sobre essa atividade!

 

Não esqueça de ler também:

1- Conhecendo vinícolas de Mendoza de bicicleta (Vale do Uco)

2- Trekking de 3 dias (Plaza Francia) – Dormindo sob as estrelas no Parque do Aconcágua

3- Visita às Águas Termais de Cacheuta – vale a mesmo a pena?

 

Uma van passou em nosso hostel no centro de Mendoza às 16:00. Dois australianos e eu nos juntamos a outros três casais que também fariam o passeio e estavam em outros hotéis. Chegamos à região de Las Heras no Puesto El Jarillal após uns 40 minutos de viagem. Ao chegarmos a nosso destino, nossa anfitriã Caroline nos levou à piscina e disse que poderíamos curtir um pouco a paisagem do rancho enquanto aguardávamos o outro grupo que havia saído em cavalgada regressar. Eu fui pra cozinha conversar com a Caroline enquanto os meus amigos australianos curtiam a piscina. Descobri que aquela doce criatura vestida de gauchinha era na verdade belga, e que enquanto viajava sozinha pela América do Sul conheceu o Javier. Os dois começaram a namorar e ela foi morar com ele no rancho. Entre o descascar de uma fruta e outra, descobri que o outro moço presente na cozinha também era belga e que o rancho recebe pessoas do mundo inteiro que desejam passar uma temporada ali, aprendendo sobre os cavalos e trabalhando com os afazeres do rancho em troca de um local para ficar enquanto viajam.

Logo, nos reunimos para ouvir as instruções que o Javier tinha para nos passar e percebi que o grupo era composto completamente por turistas inexperientes. Isso não foi problema algum já que os cavalos eram mansinhos e fomos acompanhados por dois guias. Cavalgamos por 12 Km, e, como íamos curtindo a paisagem, o passeio de 1h e 30 minutos passou rapidinho. A paisagem era muito bonita e andar a cavalo depois de tantos anos no clima do entardecer foi muito gostoso.

 

cavalgada-mendoza

 

DSCN1042

 

DSCN1047

 

DSCN1075

Quando chegamos, vinhos e frutas nos aguardavam. Os anfitriões já preparavam o famoso assado Argentino. A mesa se encheu e jantamos todos engajados em uma conversa multinacional regada a muitos copos de vinho. No meu caso, não era hora de abusar, pois no outro dia eu começava minha caminhada de três dias no Parque do Aconcágua (leia o post aqui!). Nesse dia, não tinha nem música nem dança como às vezes ocorre no Gaúcho Experience, mas, essa foi de fato uma atividade bem divertida e que gostei muito de fazer. Por este motivo, eu super recomendo para quem vai à Mendoza inclui-la em seu roteiro. Chegamos de volta no albergue por volta das 23 horas.

Existem outras opções de cavalgadas que você pode adquirir em Mendoza nas agências e através dos hotéis e albergues. Se você quer mais informações da Gaúcho Experience, pode acessar a página deles no facebook aqui.

E você, está pensando em incluir um passeio a cavalo em seu roteiro por Mendoza ou já desfrutou dessa experiência? Conte para nós e ajude outros viajantes a montarem um roteiro por Mendoza!